Segurança do trabalho

SEGURANÇA
DO TRABALHO

De 2012 a 2016 foram registrados 3,5 milhões de casos de acidente de trabalho com 13,3 mil mortes, no Brasil. Afastamentos por licença médica custam R$ 22 bilhões aos cofres públicos. Algumas das principais causas que contribuem para esse número alarmante são: falhas na capacitação e treinamento, atitudes imprudentes em ambientes perigosos, falha no cumprimento das leis trabalhistas por parte dos empregadores e a não utilização do Equipamento de Proteção Individual (EPI). Toda empresa deve adotar as medidas exigidas por lei. Não somente porque é obrigatório. Mas porque a Segurança do Trabalho faz com que a empresa se organize, aumente a produtividade e a qualidade dos produtos e serviços prestados, além de melhorar muito as relações humanas de toda a equipe.

Programa de Conservação Auditiva (PCA)
Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA)
Programa de Proteção Respiratória (PPR)
Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP)
Programa de Gerenciamento de Risco (PGR)
Programa de Prevenção de Riscos em Prensas e Similares (PPRPS)
Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção (PCMAT)
Perito Assistente Técnico em Processos Trabalhistas ou Cíveis
Gestão de Cipa – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
Elaboração de Ordens de Serviços
Implantação de Ginástica Laboral
Adequação da NR 10
Inspeção Prévia para Vistoria do Corpo de Bombeiros
Projetos para Aprovação do Corpo de Bombeiros – AVCB
Laudo Técnico de Insalubridade
Laudo Técnico de Periculosidade
Assistente Técnico Pericial
Laudo Ergonômico
Avaliação Ambiental de Agentes Físicos e Químicos
Levantamento de Ruído Através de Dosimetrias
Levantamento de Sobrecarga Térmica IBUTG calor
Perícias de Insalubridade e Periculosidade